Furtos recorrentes assustam comerciantes em quadra da Asa Norte

0
13
Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Do Correio Braziliense

A tática utilizada é arrombar o cadeado do fosso de ventilação para invadir lojas pelo subsolo

A ação de criminosos tem assustado os comerciantes da Quadra 306 da Asa Norte. Estão cada vez mais frequentes os furtos em lojas durante a madrugada. Os criminosos usam sempre a mesma tática: arrombam o cadeado do fosso de ventilação para invadir as lojas pelo subsolo. Pelo menos quatro foram furtadas entre maio e junho deste ano. A agência do Correio Braziliense, último alvo dos bandidos, foi assaltada por volta das 3h desta quinta-feira. As imagens da câmera de segurança mostram dois homens no subterrâneo. Para entrar, eles quebraram um dos vidros do basculante que dá acesso ao pavimento, de onde levaram três computadores, uma jaqueta de couro de uma funcionária, além de frutas e sucos que estavam na geladeira.

Para o gerente da agência do jornal, Antônio Barbosa Batista, 29 anos, a falta de segurança é o principal motivo da ação dos criminosos. “Vale ressaltar que, perto da W3, existem muitos usuários de drogas e moradores de rua”, considerou. O gestor do restaurante Sushiloko, Elison Aparecido Braga, 37, partilha a opinião. Ele acredita que o problema está na falta de policiamento ostensivo na quadra. “Três homens entraram aqui e levaram uma televisão de 42 polegadas. Foi na madrugada do dia 12 de junho”, relatou. Para ele, a polícia deveria voltar a colocar nas ruas as duplas de policiais que faziam a segurança da região, conhecidas como Cosme e Damião. “Àquela época, não havia furtos aqui”, destacou.

No mês passado, os criminosos entraram em mais duas lojas. Em 28 de maio, dois arrombaram a loja Quatro Patas. Segundo o proprietário Cacio Luna Picolo, 24, os ladrões levaram cerca de R$ 600. Dez dias antes, dois homens entraram na Rede dos Cosméticos e levaram 10 chapinhas, 10 secadores e cerca de R$ 300 em dinheiro.

A Secretaria de Segurança e da Paz Social (SSP-DF) informou, em nota, que tem trabalhado na identificação dos dias, horários e locais de maior incidência de crimes, o que orienta os trabalhos tanto da Polícia Militar, na elaboração de estratégias para o patrulhamento ostensivo, quanto da Polícia Civil, na desarticulação de quadrilhas. Acrescentou que também atua nos bairros por meio dos Conselhos Comunitários de Segurança (Consegs), com a promoção mensal de reuniões da comunidade com as forças de segurança, a administração regional e outros órgãos de governo. Já em relação às reclamações sobre a falta de monitoramento constante, a pasta alegou que a Polícia Militar realiza patrulhamento diário nas quadras com duplas e trios de policiais que fazem rondas a pé.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.